Crise: momento de transformação

MAV_5702

Sabemos que nem todos serão afetados pela crise com a mesma intensidade, mas você já deve ter percebido que a probabilidade de ser afetado é bastante grande. Nestes momentos somos reduzidos a – ou ao menos nos sentimos – um minúsculo grão de areia.

Não é hora para desespero! Lembre-se que a formação natural de uma pérola começa quando um simples grão de areia entra na ostra, alojando-se entre o manto e a concha, o que irrita o manto. A reação natural da ostra é cobrir este grão de areia para se proteger. Esta cobertura é feita com camadas da mesma substância usada para criar a concha, a madrepérola. O grão de areia sofre uma metamorfose e é transformado em pérola.

Aproveite esta oportunidade e permita-se também passar por uma metamorfose. Sempre é possível aproveitar os momentos ruins e aprender com eles. Agora, o que você não pode é parar e esperar que alguma ostra o transforme em uma pérola. Avalie seus pontos fortes e seus pontos fracos. Lapide os pontos fortes e busque aprimorar-se nos pontos em que você se considera fraco.

Enquanto uns focam os problemas, outros buscam as soluções. Aqueles que só sabem reclamar e se justificar serão sempre perdedores, enquanto os demais partirão para a comemoração

Ouça sua intuição e seja ágil. Mantenha a cautela, mas não ceda ao medo.  É preciso agir e realizar ações ousadas. Estabeleça metas e acredite que é possível atingi-las. Mas para isso é necessário arregaçar as mangas. Se você perseguir a excelência, certamente irá sobreviver.

Se precisar de ajuda, chame um consultor.

Marcos Vojciechovski

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s